Archive | Cult RSS feed for this section

A Origem

27 ago

A trama se contextualiza pelo mundo e dentro do íntimo e infinito universo dos sonhos. Dom Cobb (DiCaprio) é um experiente ladrão, considerado o melhor na perigosa arte de extração e de roubo de valiosos segredos do subconsciente das pessoas durante o sono, momento em que a mente está mais vulnerável.

A rara habilidade de Cobb o tornou um invejável jogador nesse traiçoeiro e novo universo da espionagem, ao mesmo tempo em que o transformou em um fugitivo internacional e lhe custou tudo o que ama. Agora, ele tem a chance de se redimir.

Um último trabalho poderia lhe dar sua vida de volta, caso ele realize o impossível: a origem. No lugar do roubo perfeito, Cobb e sua equipe de especialistas precisam atingir o oposto: não roubar uma idéia, e sim plantar uma.

No entanto, nenhum plano minucioso ou expert podem proteger a equipe de um perigoso inimigo que, aparentemente, pode prever cada passo. Um inimigo cuja chegada apenas Cobb poderia prever.

Eu assisti semana passada, posso dizer que é complexo e instigante :) Vale a pena, com uma pipoquinha então, hmmm. Beijo, E.

Crítica

18 ago

Devo admitir que assim que lançou “A breve Segunda Vida de Bree Tanner” não fiquei motivada a comprá-lo. Primeiro por que a personagem em si (Bree) era realmente insignificante no livro Eclipse (história central) e sua participação era quase nula. Mas fui convencida por uma amiga que leu e me garantiu que era necessário ler para compreender Eclipse e que não seria uma perda de tempo total, assim como eu pensava.

O livro, como já diz o título, narra a história da vampira recém-criada Bree Turner até a batalha com os queridinhos vampiros Cullen e seu encontro com os Volturi. Quando li, comecei a sentir uma simpatia pela personagem, primeiro por que Bree não sabia como funcionava a vida de vampira, ou seja, não foi apresentada às regras que devem ser seguidas. E segundo por que ela ao chegar ao final da história, descobre que foi enganada pois os motivos e as promeças que foram feitas, não eram verdades. Acho que quem gosta da saga, assim como eu, não deve deixar de ler o livro. Ele demonstra como é a vida de um recém-criado, a vida que deveria ter sido igual para Bella, mas que como sabemos, não foi. A única parte ruim é que o livro não é divido em capítulos então fica um pouco ruim, mas tirando isso o livro é ótimo.

Leiam e depois me digam o que acharam!!! Beijinhooos A.

À Moda Antiga

15 ago

Sempre achei um charme escrever cartas. Desde pequena escrevia para minhas amigas e até mesmo para as vizinhas. Acho um hábito muito bom e que também ajuda a desenvolver a sua escrita e seu vocabulário. Pra mim, a vantagem das cartas é que se pode carregá-las consigo e também é uma ótima forma de relembrar acontecimentos e antigas alegrias. Outro lado bom é que se pode relê-las quantas vezes quiser.

Um carta bem escrita sempre é valorizada, até o mero ato de escrever uma já é. Deveríamos apreciar mais quem escreve, um costume tão bonito e tão antigo não deveria se perder. Concordam comigo? :)

Beijinhos A.

Manual do gênio

13 jul

Neste livro estão reunidas diversas dicas que a autora – com o auxílio de um luxuoso time de primeira linha – selecionou para levar aos seus leitores um guia para se encarar qualquer desafio, mas sem perder a classe. Entre muitos dos convidados, Manolo Blahnik ensina ‘Como Escolher um Sapato’, Gisele Bündchen revela truques infalíveis de ‘Como Ficar Bem na Foto’ e a dupla Dolce e Gabbana explica como ficar bem arrumada quando não se tem tempo. Divertido e informativo, este livro é sucesso mundial e chega agora para fazer com que você reveja seus conceitos e adquira muitos outros.

Vale super a pena ler! Várias dicas de gênio saem indiretamente dai!! Beijinhos, E.

Cortar o tempo

3 jul

“Quem teve a idéia de cortar o tempo em fatias, a que se deu o nome de ano, foi um indivíduo genial. Industrializou a esperança, fazendo-a funcionar no limite da exaustão. Doze meses dão para qualquer ser humano se cansar e entregar os pontos. Aí entra o milagre da renovação e tudo começa outra vez, com outro número e outra vontade de acreditar que daqui pra diante vai ser diferente”

Bastardos Inglórios

27 jun

No primeiro ano da ocupação da França pela Alemanha, Shosanna Dreyfus
testemunha a execução de sua família pelas mãos do coronel nazista Hans Landa (Waltz).

Shosanna escapa por pouco e parte para Paris, onde assume uma identidade falsa e se torna proprietária de um cinema.

Em outro lugar da Europa, o tenente Aldo Raine (Pitt) organiza um grupo de soldados americanos judeus para praticarem atos violentos de vingança. Posteriormente chamados pelo inimigo de “os Bastardos”, o esquadrão de Raine se une à atriz alemã Bridget von Hammersmark (Kruger) em uma missão para derrubar os líderes do Terceiro Reich. O destino conspira para que os caminhos de todos se cruzem em um cinema, onde Shosanna pretende colocar em prática seu próprio plano de vingança…

Bastardos Inglórios de Quentin Tarantino combina histórias de opressão, infames, verídicas e heróicas da Segunda Guerra Mundial.

Dear John

21 jun

Agora que as férias estão começando, é um ótimo momento para você ler algum livro que estava querendo muito mas não tinha tempo. Semana passada dei uma passadinha na livraria (meu vício) e comprei o livro Querido John, do autor Nicholas Sparks. Quando comprei o livro tinha só uma razão: pois vai ser lançado o filme e como não gosto de ver o filme antes de ler o livro…. Mas tenho que dizer que agora me apaixonei pela história, ainda não estou na metade mas mesmo assim estou adorando lê-lo.

Sinopse: O livro conta a história de John Tyree um jovem soldado e de Savannah Curtis uma idealista que está na cidade para ajudar a construir casas para os necessitados. Eles iniciam um relacionamento, só que logo John precisará retornar ao trabalho. Dentro de um ano ele terminará o serviço militar, quando poderão enfim ficar juntos. Neste período eles trocam diversas cartas, onde cada um conta o que lhe acontece a cada dia.

Se ainda você está com dúvida se lê ou não o livro, agora você com certeza irá mudar de idéia. O autor de Querido John já teve vários de seus livros que viraram filme, aqui vão alguns: “A Última Música”, “Noites de Tormenta”, “Uma Carta de Amor”, “Diários de uma Paixão” e por último, mas não menos importante “Um Amor Para Recordar” ( um filme que toda garota romântica  já assistiu e chorou mais de uma vez). Modou de idéia não foi? HÁ. Bom, espero que vocês sigam meu conselho, garanto que não irão se arrepender.

Beijinhos!!! A.